5º edição do festival reuniu instituições para discutir o desenvolvimento sustentável da bacia do Juruena

Indígenas do projeto Pacto das Águas participaram do Festival Juruena Vivo – Caminho das águas, floresta em pé, nos dias 01 e 02 de novembro. Promovido pela Rede Juruena Vivo, o festival aconteceu no município de Juína, no noroeste de Mato Grosso, e reuniu diversas instituições que trabalham com o desenvolvimento sustentável da bacia do Juruena e os impactos dos projetos hidrelétricos.

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn
A 5º edição do festival celebrou o rio Juruena e discutiu a conservação e desenvolvimento sustentável para a bacia hidrográfica do rio Juruena, um dos poucos com uma grande extensão – 1.240 quilômetros – que ainda não possui barramentos. O rio atravessa o estado de Mato Grosso, unindo o Cerrado e a Amazônia, e tem em sua bacia mais de 22 Terras Indígenas, de 10 etnias diferentes.

O festival foi espaço de diálogo sobre os rumos possíveis para a sustentabilidade, as ameaças e o potencial da sub-bacia do Juruena, proporcionando a troca de experiências entre povos indígenas, agricultores, comunidades tradicionais, população urbana e liderança de assentamentos. Também apresentou ao público reflexões sobre alternativas de desenvolvimento existentes na região, como as experiências de agroextrativismo. Representantes do povo Rikbaktsa participaram dos espaços de diálogo e também da feira de produtos da agrobiodiversidade.

  • Facebook
  • Twitter
  • Google+
  • LinkedIn
A Rede Juruena Vivo é formada por organizações da sociedade civil como agricultores familiares, indígenas, estudantes, acadêmicos, associações comunitárias, fóruns de mobilização social, servidores públicos e empresas. E pretende contribuir com a criação de espaços políticos locais para promover a participação e a cidadania com ênfase em gestão ambiental e recursos hídricos. Colaborando com as iniciativas que estimulam o desenvolvimento sustentável, dando visibilidade à importância da integridade da sub-bacia hidrográfica do Juruena para a economia, biodiversidade e o clima.

O Projeto Pacto das Águas é patrocinado pela Petrobras , através do Programa Petrobras Socioambiental, e tem como objetivo principal promover o uso sustentável da sociobiodiversidade, com povos indígenas e comunidades tradicionais das Terras Indígenas Japuíra e Escondido e da Resex Guariba Roosevelt. As ações são parte de uma estratégia de emissões evitadas para mitigação do aquecimento global e das mudanças climáticas pela conservação da floresta em pé no Noroeste de Mato Grosso.

Share This